Como ajudar seus alunos a interpretar textos

Já falamos aqui da importância da leitura e hoje falaremos de outro quesito fundamental para que o aluno entenda o que lê. Quando se trata de interpretação de textos, se o vocabulário não for do conhecimento do aluno, ele com certeza naufragará.

Trabalhando vocabulário

É importante que antes de apresentar um texto o professor se dê ao trabalho de lê-lo e anotar as palavras que seus alunos possivelmente não conhecem, preparando algum tipo de exercício ou atividade que promova a “apresentação” aluno – palavra.

Essas atividades podem variar de acordo com o nível da classe, o tempo disponível ou o número de palavras novas que serão tratadas. Uma cruzadinha que inclua todas elas (tendo-se o cuidado de fornecer dicionários aos alunos) pode ser muito bem aceita pela classe.

Outra opção é fornecer uma lista com definições (em classes mais adiantadas ou caso o tempo permita pode-se dar uma lista e fornecer dicionários para que procurem as definições) e logo em seguida alguns exercícios onde o aluno possa usar as palavras que acabou de aprender.

Quando o texto a ser interpretado é dado após essa introdução, as possibilidades de êxito se ampliam enormemente, ao contrário do que ocorre quando o texto é meramente entregue aos alunos para que leiam e “se virem”.

Gramática contextualizada e produção de texto

Ao final pode-se também introduzir ou praticar alguns tópicos gramaticais encontrados no texto para que sua compreensão se aprofunde, e incluir também algumas linhas para que o aluno escreva um parágrafo relacionado ao que acabou de ler também serão de extrema importância.

Debate

Quando o texto trata de assunto polêmico, pode-se também promover debates entre os alunos, dessa forma fixando o conteúdo do texto que será mais facilmente assimilado pela classe.

Projetos

O texto, depois de devidamente interpretado, pode servir como base para um projeto mais amplo, como no caso de temas como preservação do meio ambiente, bullying, internet, etc.

Esse projeto pode ser desenvolvido por meio de cartazes, imagens, fotos e vídeos produzidos pelos alunos e os professores que manejam as ferramentas da internet de forma confortável podem preparar wikis, blogs ou álbuns virtuais que divulgarão os resultados e a proposta do professor.

Objetivos claros

Lemos com várias motivações e todas as vezes que entregarmos ao aluno um texto para interpretar sem que haja alguma conexão com um todo ele falhará. Não podemos entregar um texto simplesmente porque ele contém exemplos de tópicos gramaticais que queremos praticar. É necessário que esse texto tenha algum interesse para os alunos ou que esteja ligado a um conteúdo mais amplo, dentro do universo do aluno.

Sempre que tivermos essa preocupação de adequar o texto à realidade de quem o lerá, aumentaremos as chances de sucesso dos leitores e diminuiremos os problemas e dificuldades que poderão encontrar.

Zailda Coirano – SOS Idiomas & Digital Goods

 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: