Você tem domínio da classe?

Agora virou moda, basta o professor mandar um aluno para a diretoria ou pedir que saia da sala que logo é acusado de “não ter domínio da classe”. Com medo dessa “acusação” muitos professores tentam lidar com os problemas que surgem dentro da sala de aula como podem, às vezes comprometendo o cumprimento do cronograma que é cobrado de qualquer forma, não importa se temos 5 ou 50 alunos, se estão interessados em aprender ou em correr pela classe e berrar uns com os outros.

Ensino x disciplina

Quando a disciplina torna-se um fator gerador de stress e problemas, ou seja, quando não há disciplina, normalmente uma boa parcela da culpa é nossa mesmo. Nós somos os profissionais, nós fomos treinados para ensinar, nós devemos estar preparados para fornecer meios para motivar e fazer com que os alunos aprendam.

Eu concordo com você que está abanando a cabeça em sinal de que discorda do parágrafo anterior que uma boa parte desses problemas não é culpa do professor. Mas sejam ou não originados por nós, devemos nos preparar para lidar com as mais diversas situações e ocorrências frustrantes dentro da sala de aula para que consigamos fazer aquilo que fomos treinados e ganhamos para fazer: ensinar.

Use seu discernimento

Para lidar com essas situações devemos – antes de mais nada – reconhecer o que está ao nosso alcance e o que deve ser tratado por outros profissionais. Podemos cativar os alunos, desenvolver com eles um relacionamento amistoso (que não quer dizer de “igual para igual” para não comprometer a hierarquia), usar todos os meios disponíveis para motivá-los e melhorar seu aprendizado. Mas não podemos lidar com problemas mentais, emocionais, familiares. Não vamos tentar vestir o uniforme do Super Homem ou da Mulher Maravilha e tratar problemas psicológicos graves, traumas ou resolver questões familiares.

Tudo o que for possível resolver dentro da esfera professor x aluno está sob nossa responsabilidade, e devemos estar preparados para lidar com as mais diversas situações que podem comprometer o aprendizado de uma classe inteira, mas não podemos nos arvorar em “Dr. Sabe Tudo” apenas para não levar a pecha de “não ter o domínio da classe”.

Se alguma coisa realmente estiver fora da sua alçada, não pense duas vezes e encaminhe para quem foi treinado para lidar com o problema ou que tem meios para tal: diretor, coordenador, supervisor, psicólogo, pai ou responsável.

Não tente fazer tudo porque além de não conseguir bons resultados você irá perder o foco do que seria seu objetivo principal, e sacrificar uma classe inteira por causa de um ou dois alunos seria (aí sim) perder o controle não só da classe, mas também de todo o resto.

Para saber mais sobre métodos de ensino, disciplina, preparação de aula e assuntos relacionados visite o site em novo endereço:

questaodeclasse.com 

Zailda Coirano

Nesse artigo você aprendeu que nem todos os problemas que ocorrem na sala de aula podem ser tratados pelo professor.

Website  Blog  Web Rádio  Loja Virtual  Facebook  Twitter 

Anúncios

9 Respostas

  1. Fatima Maria dos Santos

    Ola sou professora de letras ,mas este ano estou com algumas aulas de educação fisica mas estou tendo dificuldades para passar os conteudos,pois eles são turmas do terceiro ano do CEJA centro educacional de jovens e adultos,são pessoas ja adultas e querem aulas diferenciadas,poialegam que por exemplo se eu passo conteudo sobre regras do jogo eles falam que ja sabe ,ja fez isto o ano passado,e isto esta dificultando minhas aulas.Gostaria que se fosse possivel vc me orientar em algumas coisas diferenciadas ,apezar que onde moro e uma cidade pequena no baixo araguaia.Se vc poder me ajudar ,estou esperando pela suas respostas…

  2. Gostei da matéria, realmente, a indisciplina tem sido um problema para os professores nos dias atuais. Afinal, os alunos não respeitam mais os mestres como o faziam antigamente. Contudo, acho que quem escreveu a matéria poderia colocar soluções de forma mais prática. Sempre se fala que é preciso ter domínio de turma, mas não há uma aula disso na faculdade, não há dicas práticas de como agir para se conseguir isso.

  3. Angela, acesse a guia “índice” do blog e encontrará mais de 150 artigos, muitos deles contém as dicas que você está pedindo. Os artigos estão em ordem alfabética.

  4. Sinceramente, afirmar que tudo o que acontece na sala é problema do professor é fácil. Eu creio que os alunos chegam na sala de aula com a bagagem que trazem de casa e que isso inclui indisciplina e desrespeito, pois o que eu mais ouço de pais de alunos que tem comportamento inadequado é que não sabem mais o que fazer com o filho, se eles que são pais não sabem, quem dirá eu! Eu sei o que fazer com os meus dois filhos, que estão em casa para eu educar e não ter que ouvir coisas ruins sobre eles nas reuniões de pais… A gente sabe muito bem da dificuldade que o professor tem de conseguir respeito de alguns alunos que não sabem o que é isso porque não tem dentro de casa e não é responsabilidade do professor quando ele recebe um serzinho mal educado e sem limites, a culpa não é nem da sociedade…É dos pais!!! O professor de hoje é massacrado, pois ele não pode utilizar-se de nenhuma ferramenta punitiva como no passado, não se pode usar o termo CASTIGO, não pode fazer nada senão o aluno fica com trauma… Trauma, sei… Trauma fico eu de ser professora nos dias de hoje, ganhando o que eu ganho e lendo uma amiga de profissão dizendo que dentro da sala de aula, o professor tem que ter o domínio da sala… Aff! Cansei!

    1. Seria cômico se não fosse trágico, colega Ivonete… rs

    2. Cara Ivonete: em nenhum momento eu disse que tudo o que acontece na sala é culpa do professor, a postagem é sobre usar seu discernimento para resolver apenas o que está ao seu alcance. Sou professora há vários anos e sei que somos preparados para lidar com determinados tipos de situação, mas às vezes somos “intimados” a resolver situação que estão totalmente fora de nossa alçada. Eu pediria que você lesse novamente o artigo.
      Um abraço e obrigada por sua visita e comentário.
      Zailda Coirano

  5. […] Questão de Classe Um blog de professor para professor Pular para o conteúdo InícioAnuncieMaterial DidáticoMapa do BlogAboutComentáriosAjudaPerfilInternetTrabalhosDinâmicasEmailMeu site ← Você tem domínio da classe? […]

  6. gstei tudo que você falou é verdade sou professora há vários anos é isso mesmo,,,

  7. Adorei o texto! Me encanto ao ler cada texto neste blog. Parabéns.

%d blogueiros gostam disto: