Ter alunos como amigos no Orkut – pode ou não pode?

Alguns colegas professores de inglês em outros países contam que há regras claras quanto ao uso do Orkut como forma de comunicação com os alunos. O engraçado é que em alguns países esse uso é incentivado, em escolas de outros países é terminantemente proibido. Alguns professores não têm alunos como amigos no Orkut porque não se sentem à vontade em ter seus alunos lendo suas mensagens, que consideram particulares e não querem misturar à profissão.

Ter alunos no seu Orkut ou não – pelo menos por enquanto no Brasil – é uma decisão inteiramente sua, e as consequências que isso possa acarretar também. Tendo alunos em seu Orkut você deve saber que tudo o que fizer, postar ou disser será visto como se estivesse fazendo em sala de aula. Se seu Orkut é pessoal e nele você troca mensagens com amigos e namorado, e tem lá suas comunidades que podem ser “impróprias para menores”, pode ser melhor não ter alunos como amigos.

Alguns profissionais protestam dizendo que “não são coleguinhas de seus alunos” e que não querem perder a “autoridade” que usam em sala. Eu não vejo nada demais, há anos tenho Orkut com alunos e nunca me desrespeitaram por causa disso. Creio que depende muito da postura que você adota na internet. Se você resolveu abrir mão de sua intimidade e decidiu divulgá-la na internet, pode ser que seus alunos não te respeitem tanto quanto antes, depois de fuçar seu Orkut.

Eu uso o Orkut como forma de comunicação com meus alunos há anos e não tenho tido problemas, muito pelo contrário, o saldo tem sido positivo até aqui. Tenho até algumas comunidades dos blogs educativos e a participação deles é muito valiosa para mim. Abro mão daquela pretensa “autoridade”, aquela relação de cima para baixo e me coloco à disposição de meus alunos, que não tem problemas em pedir ajuda para resolver problemas ou dúvidas diretamente do meu scrapbook do Orkut.

Se você quer ter seus alunos no Orkut e ao mesmo tempo quer ter a liberdade de falar ou fazer o que bem quiser, eu aconselho que tenha um perfil pessoal fechado apenas para amigos (ou adultos) e que não aceite alunos, e um outro – profissional, e que tenha lá seus alunos. De qualquer forma convém ter sempre em mente que você é professor e que portanto é um formador de opinião – portanto vá com calma em seu Orkut.

Zailda Coirano

Leia também: Comunidade no Orkut

Uma resposta

  1. Ola Zailda,

    só passei aqui para dizer que tem novidades em http://agrj.wordpress.com

    []s

    Dinho

%d blogueiros gostam disto: