Despertando o prazer de aprender

As formas mais efetivas de despertar no aluno o prazer de aprender são: mostrar a ele sua evolução e formas práticas de usar o que estamos ensinando. Se fazemos um curso mas não sentimos que estamos evoluindo ou não encontramos formas práticas de utilizar o que estão nos ensinando com certeza vamos desanimar e sem ânimo para aprender não haverá quem nos ensine nada.

Costumo perguntar aos alunos periodicamente coisas como: “no primeiro dia de aula vocês saberiam o que responder numa aula como a de hoje?” ou então: “um mês atrás vocês teriam entendido o que acabei de explicar?” e isso os leva a refletir e perceber o longo caminho que já percorreram. Muitas vezes é mais confortador olharmos o caminho que já percorremos do que tentar imaginar o que ainda teremos pela frente.

Também costumo perguntar se têm assistido a filmes sem olhar as legendas, ou se já entendem algumas das letras de música em inglês de que gostam, se estão tirando notas melhores em inglês. Sempre os levo a contar fatos que ocorreram “na vida real” nos quais usaram o que aprendem em classe. E certamente todos eles já passaram por momentos em que o que aprendem comigo os ajudou muito.

Incentivando sempre os alunos para que usem o que aprenderam e também tomem consciência do quanto já evoluíram leva a aumentar sua auto-estima e confiança em si mesmos, a terem mais vontade de estudar e também a sentir um certo orgulho (e mesmo prazer) por terem crescido tanto. Essa sensação é muito gratificante e certamente eles tentarão aprender cada vez mais para experimentá-la novamente. E quanto mais “em alta” estiver a auto-estima de seus alunos, mais eles aprenderão.

(zailda coirano)

2 Respostas

  1. […] também: Despertando o prazer de aprender Tags: aprendizado, brincadeiras, educação, educação física, […]

  2. […] também: Despertando o prazer de aprender Tags: arquivo pdf, download, Língua portuguesa, mudança ortográfica, ortografia, […]

%d blogueiros gostam disto: