Preparando provas

As provas são para mim um mal necessário porque culturalmente o brasileiro em sua grande maioria conserva o hábito de só estudar na véspera das mesmas e se faz um curso que não tem provas não o leva a sério. Como professora sei que há muitas formas de avaliar o aluno, porém são todas subjetivas e as provas são uma forma objetiva de avaliação à qual temos que nos habituar.

O professor deve em minha opinião preparar a prova de forma clara e sucinta para que o aluno possa mostrar o que aprendeu. Condeno provas que são muito detalhadas e confusas, com questões dúbias que induzem o aluno ao erro.

Claro que o professor não deve “entregar de mão beijada” as respostas e exigir um determinado grau de raciocínio é interessante para avaliar até que ponto ele realmente aprendeu e até onde simplesmente decorou. É importante avaliar se o aluno sabe lidar com a informação que memorizou, mas questões que eles chamam de “pegadinhas” podem e devem ser evitadas, porque mesmo o aluno que domina a matéria pode confundir-se com elas, errando coisas que realmente sabe, o que irá gerar frustração e pode destruir sua motivação para aprender a matéria.

(zailda coirano)

Anúncios

Uma resposta

  1. […] Preparando provas Tags: educação, ensino, Escola, Métodos de ensino, pesquisa, prática […]

%d blogueiros gostam disto: