Jogos em sala de aula

Jogando os alunos irão aprender pensando que estão "matando aula"

Jogando os alunos irão aprender pensando que estão "matando aula"

Sou professora de inglês e espanhol e costumo usar vários recursos para ajudar os alunos a praticar e usar o que aprenderam, e os jogos são sem dúvida os preferidos das crianças e pré-adolescentes. Não que os alunos mais velhos também não gostem de jogos, eles costumam sentir-se mais à vontade com outras atividades, mas nem por isso os jogos precisam ser deixados de lado. Adaptados à faixa etária dos alunos irão sempre agradar.

Aqueles minutinhos finais da aula, em que parece que ninguém aguenta mais ficar ali ouvindo blá-blá-blá, podem ser bem aproveitados com um jogo interessante e que faça com que seus alunos sacudam de vez o marasmo e a preguiça, o cansaço de uma aula inteira, esqueçam que acham que escola é um troço chato e participem com entusiasmo.

DOMINÓ

Como dou aulas de inglês e espanhol, meus jogos são voltados para o aprendizado de vocabulário e gramática. Um jogo sempre apreciado é o dominó, que para praticar vocabulário é uma dádiva. Você nem precisa respeitar o número de pedras, faça no word com caixas de texto coloridas, use a palavra escrita e a figura para combinar. Se são muitas palavras você terá que fazer muitas peças, então o melhor é fazer com poucas de cada vez, a cada quinze dias você vem com um jogo novo e peças novas, trabalhando outras palavras.

Para dar certo o jogo, imagine que se você quiser trabalhar com sete palavras, cada uma terá que entrar 14 vezes nas peças, 7 em forma escrita e 7 em forma de figura, então reduza o jogo às palavras mais difíceis de serem lembradas, ou deixe para uma lição com muito vocabulário. Depois de preparar as peças no word, imprima numa folha mais grossa (tipo filipaper), depois passe contact e por último corte as peças.

As peças podem ser maiores do que um dominó maior, é até bom que assim seja porque assim seus alunos não terão dificuldades de visualizá-las.

JOGO DA MEMÓRIA

No caso de ter muito vocabulário para fixar ou revisar (antes de uma prova, por exemplo), ou mesmo depois de uma lição com muito vocabulário, você pode prepara um jogo da memória. Bem parecido com o dominó, a diferença é que cada peça tem apenas uma figura ou palavra escrita. Eu coloco cada palavra duas vezes, uma em figura e outra escrita e os alunos vão virando as peças e têm que encontrar o par. Quando encontram ficam com o par e jogam de novo até errar, quando erram viram a peça de novo e o aluno seguinte joga.

JOGOS DE TABULEIRO (BOARD GAMES)

Para gramática ou compreensão de texto não existe coisa melhor. Eles leem o texto e depois em vez de responderem por escrito às perguntas, você prepara um board game e eles vão jogando o dado e respondendo à pergunta correspondente à casa na qual caíram. Você pode preparar um board game “temático” para cada atividade, já com as perguntas nas casas ou pode ter um board game numerado e imprimir as perguntas à parte em cartões ou numa folha que você vai lendo.

Se você tem muitos alunos seria interessante fazer um board game temático já com as perguntas, imprimir 3 ou 4 cópias, dividir os alunos em grupos e entregar um tabuleiro e um dado a cada grupo. O tabuleiro já com as perguntas dá mais independência aos alunos e você só vai supervisionar. Inclusive para cada grupo pode nomear um “juiz”, que ficará com a folha de respostas para ir definindo quem acertou e marcando os pontos dos jogadores. No final o ganhador de cada grupo pode disputar uma “negra” ou então você pode guardar 2 ou 3 perguntas mais difíceis e ganha quem acertar mais.

BARALHO

Quem foi que disse que baralho só está associado a vício? Também pode ajudar a aprender. Eu fiz um template com todas as cartas do baralho, quando tenho que fazer uma revisão Coloco as perguntas correspondentes à cada carta do baralho e imprimo. Boto um baralho na mesa e os alunos vão tirando as cartas e respondendo as perguntas correspondentes à carta que tiraram. Se acertarem, ficam com a carta, se errarem põem de volta no monte. No final conto quantos pontos cada um tem e ganha quem fizer mais pontos. As cartas têm valores diferenciados, como no buraco: figuras 1 ponto, azes 1,5 e as demais 0,5.

MAIS JOGOS?

Bem, são muitos jogos, o importante é que a competição estimula e os alunos nem percebem que estão estudando, é até possível que algum pai de aluno vá reclamar com o diretor que você não dá aula, só fica brincando. Mas com certeza o seu diretor vai entender que você apenas encontrou uma maneira de “enganar” seus alunos, que pensam que estão matando aula quando na verdade estão aprendendo.

Leia também: Jogos e brincadeiras na aula

assinatura coração

About these ads

2 Respostas

  1. Gosto muito de fazer dominó com os alunos.
    Para qq tipo de assunto na gramatica é possivel criar um dominó diferente.
    Os alunos adoram!

  2. Adorei, vou utilizá-los com os meus filhos, em casa dando suporte ao que aprendeu na escola.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 136 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: